segunda-feira, 10 de março de 2014

Carnaval de Loulé 2014


As raízes do Carnaval de Loulé são centenárias, tendo inicialmente e originalmente cariz religioso, pleno de simbolismo e valores relacionados com a Natureza.
De todas as localidades algarvias, é em Loulé, na Avenida José da Costa Mealha (preparada para o efeito com garridas ornamentações em papel colorido) que estas têm maior relevo, atraindo anualmente milhares de visitantes durante os dias em que se realiza o corso.
Os pontos mais altos dos festejos são a Batalha das Flores e o desfile de carros alegóricos, havendo sempre a intenção de exprimir, com aspectos críticos, situações da actualidade.
Este ano, o desfile foi inspirado pelo tema “Único e Irrevogável”, o qual foi constituído por 15 carros alegóricos, mais de 600 figurantes e 12 grupos em representação de colectividade e instituições de solidariedade social do Concelho. Actuações de vários grupos e de escolas de samba deram brilho, cor e alegria nestes dias de Carnaval.
A sátira política e social dos carros alegóricos dá ênfase à austeridade, que tem “castigado” o Zé Povinho, figura central do corso. Figuras importantes da política também desfilam de modo satírico nos carros alegóricos.
Os episódios desportivos do futebol também foram retratados, Bruno de Carvalho no Sporting a fazer frente a Benfica e ao FC Porto; a presença de Portugal no Brasil e a homenagem a Eusébio.
A novidade introduzida este ano foi a introdução de uma banda musical a tocar ao vivo, no qual este som era a música de fundo de todo o desfile de Carnaval.
Com um somatório de cerca de 100 mil visitantes nos três dias de desfile, as entradas tiveram o custo de 2 euros, e as receitas reverteram a favor das associações participantes no cortejo, e ainda para um Fundo de Emergência Social, que tem como objectivo apoiar as famílias com maior dificuldade no Concelho de Loulé.



























































2 comentários: